We hope you find this tutorial helpful. In addition to guides like this one, we provide simple cloud infrastructure for developers. Learn more →

Como Instalar o MySQL no Ubuntu 18.04

PostedMay 10, 2018 8.4k views MySQL Ubuntu Ubuntu 18.04

Uma versão anterior desse tutorial foi escrita por Hazel Virdó

Introdução

MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados open-source, comumente instalado como parte da popular pilha LAMP (Linux, Apache, MySQL, PHP/Python/Perl). Ele utiliza um banco de dados relacional e SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) para gerenciar seus dados.

A versão curta da instalação é simples: atualize seu índice de pacotes, instale o pacote mysql-server, e então execute o script de segurança que vem incluído.

  • sudo apt update
  • sudo apt install mysql-server
  • mysql_secure_installation

Este tutorial irá explicar como instalar o MySQL versão 5.7 em um servidor Ubuntu 18.04. Contudo, se você estiver querendo atualizar uma instalação MySQL existente, você pode ler esse guia de atualização do MySQL 5.7 em vez disso.

Pré-requisitos

Para seguir esse tutorial, você vai precisar de:

Passo 1 — Instalando o MySQL

No Ubuntu 18.04, somente a última versão do MySQL está incluída no repositório de pacotes APT por padrão. No momento em que escrevo, ela é a MySQL 5.7.

Para instalá-la, atualize o índice de pacotes em seu servidor e instale o pacote padrão com apt:

  • sudo apt update
  • sudo apt install mysql-server

Isso irá instalar o MySQL, mas não solicitará que você configure uma senha ou faça quaisquer outras alterações de configuração. Como isso deixa a sua instalação do MySQL insegura, vamos abordar isso a seguir.

Passo 2 — Configurando o MySQL

Para novas instalações, você vai querer executar o script de segurança que está incluído. Isso altera algumas das opções padrão menos seguras para coisas como logins de root e usuários de exemplo. Em versões mais antigas do MySQL, você precisava inicializar o diretório de dados manualmente também, mas isso é feito automaticamente agora.

Execute o script de segurança:

  • sudo mysql_secure_installation

Isto irá levá-lo através de uma série de prompts onde você poderá realizar algumas alterações nas opções de segurança da sua instalação do MySQL. O primeiro prompt irá perguntar se você quer configurar o Plugin Validate Password, que pode ser utilizado para testar a força de sua senha do MySQL. Independentemente de sua escolha, o próximo prompt será para configurar a senha do usuário root do MySQL. Entre e então confirme uma senha segura de sua escolha.

A partir daí, você pode pressionar Y e então ENTER para aceitar as respostas padrão para todas as questões subsequentes. Isso irá remover alguns usuários anônimos e o banco de dados de teste, desativar login remoto para o root, e carregar todas essas novas regras para que o MySQL respeite imediatamente as alterações que você fez.

Para inicializar o diretório de dados do MySQL, você usaria mysql_install_db para versões anteriores à versão 5.7.6, e mysqld --initialize para versão 5.7.6 e posteriores. Contudo, se você instalou o MySQL da distribuição Debian, como descrito no Passo 1, o diretório de dados foi iniciado automaticamente; você não tem que fazer nada. Se você tentar executar o comando de qualquer maneira, você verá o seguinte erro:

Output
2018-04-23T20:11:15.998193Z 0 [ERROR] --initialize specified but the data directory has files in it. Aborting.

Finalmente, vamos testar a instalação do MySQL.

Passo 3 — Testando o MySQL

Independentemente de como você o instalou, o MySQL deve ter iniciado executando automaticamente. Para testar isso, verifique seu status.

  • systemctl status mysql.service

Você verá uma saída similar à seguinte:

Output
● mysql.service - MySQL Community Server
   Loaded: loaded (/lib/systemd/system/mysql.service; enabled; vendor preset: en
   Active: active (running) since Wed 2018-04-23 21:21:25 UTC; 30min ago
 Main PID: 3754 (mysqld)
    Tasks: 28
   Memory: 142.3M
      CPU: 1.994s
   CGroup: /system.slice/mysql.service
           └─3754 /usr/sbin/mysqld

Se o MySQL não está executando, você pode iniciá-lo com sudo systemctl start mysql.

Para uma verificação adicional, você pode tentar se conectar ao banco de dados utilizando a ferramenta mysqladmin, que é um cliente que lhe permite executar comandos administrativos. Por exemplo, este comando diz para conectar como root (-u root), solicitar uma senha (-p), e retornar a versão.

  • sudo mysqladmin -p -u root version

Você deverá ver uma saída similar a essa:

Output
mysqladmin  Ver 8.42 Distrib 5.7.21, for Linux on x86_64
Copyright (c) 2000, 2018, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved.

Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation and/or its
affiliates. Other names may be trademarks of their respective
owners.

Server version      5.7.21-1ubuntu1
Protocol version    10
Connection      Localhost via UNIX socket
UNIX socket     /var/run/mysqld/mysqld.sock
Uptime:         30 min 54 sec

Threads: 1  Questions: 12  Slow queries: 0  Opens: 115  Flush tables: 1  Open tables: 34  Queries per second avg: 0.006

Isso significa que o MySQL está funcionando.

Conclusão

Você agora tem uma configuração básica do MySQL instalada no seu servidor. Aqui estão alguns exemplos dos próximos passos que você pode seguir.

0 Comments

Creative Commons License